22 janeiro, 2008

O tempo passa



O tempo passa
A vida passa
Eu passo
Com o passo no compasso
Com o passo em descompasso

Passam os dias
Em passo lento
Em passo apressado

E eu passo
E a vida passa
E o tempo passa

E tudo passa ...

Poema roubado ao blogue Ad Astra. Espero que ela me desculpe.

6 comentários:

Galeota disse...

Seule l amour reste toujours.

Ad astra disse...

Não há o que dewculpar.
É um prazer, ver algo escrito por mim num blogue tão bonito.

Um abraço

hfm disse...

Que combinação!

xavier disse...

Time and silence...

Galeota disse...

Errata:
Seul e não Seule

ma grande folle de soeur disse...

Ou como diriam os gauleses: Tout passe, Tout Casse, Tout lasse... Menos estes desenhos. Abraço