19 fevereiro, 2017

Museu das Comunicações

A
Alguns objetos deste Museu, que é amigo dos sketchers (devia-se criar um selo para atribuir aos museus que incentivam as visitas desenhadas).



 Sala da Mala-Posta: humanos e não-humanos.



 Dois vintage, dos tempos em que os correios eram sexy.



Eis o que o desenho pode ser nas mãos de um Urban Sketcher mais perverso: uma imagem cheia de conotações impróprias ;)



E finalmente.... um antepassado do Minion Stuart.
A

25 janeiro, 2017

Lanternas chinesas

A
Símbolo de prosperidade e boa sorte, as lanternas chinesas marcavam o colorido ano novo do Galo, no Martim Moniz.
Desenhos feitos à procura dos contrastes entre o Ocidente e Oriente.






19 dezembro, 2016

Dia D

A
O Dia Desportivo: início de férias, para uns, e para outros fim das aulas. Não é a mesma coisa...






27 novembro, 2016

Verão de São Martinho a fingir 3

A
Desenhos deste Verão na praia da Rocha, Portimão. A lembrar que o ano tem momentos bons, hoje que é Domingo :(
Boa semana.














16 novembro, 2016

Verão de São Martinho a fingir

O
O Verão já foi, mas aqui estão alguns em atraso a lembrar esses bons tempos, agora que está bom tempo.






29 outubro, 2016

Castelo Branco

O passeio não foi bem por Castelo Branco. Circulámos por três aldeias, da mais para a menos habitada, mas penso que isto foi uma coincidência. O convite foi do Castelo de Artes. Levar os diários gráficos a outra paragens que não sejam os grandes centros urbanos, foi a proposta.


Partida de Santa Apolónia - o espírito de Edward Hooper habita neste desenho da sala de espera da gare.





Desenhos de Martim Branco, Ingarnal e Taberna Seca, a última uma aldeia quase fantasma. Não é o caso do vulto, o bem vivo Pedro Cabral. 








Vários desenhos de alguns acompanhantes. Os dois últimos têm um intervalo de minutos: uma sequência que presta homenagem ao nosso condutor e que mostra dois desenhadores que começam a ser afetados por um mal que atinge alguns homens :)




Ponte centenária sobre o rio Ocresa (ou Ocreza), onde este se junta com o rio Ribeira do Tripeiro.



O CCCB, centro cultural de Castelo Branco é um espaço por dentro e por fora muito bem conseguido e que deu polémica quando foi construído, mas que agora é ferreamente defendido pelos albicastrenses. Carlos Alves, mais conhecido como Carlos Zíngaro musicou uma performance bailada  por Maria Belo Costa. Curiosamente Zíngaro é também ilustrador e autor de BD.


Desenho de um ícone de todas as aldeias deste país - o café da terra.


Último desenho da série. O Regional da CP, que vem desde Castelo Branco até ao Entroncamento a lamber o Tejo. Uma viagem imperdível.
Obrigado ao Carlos Semedo e ao nosso anfitrião, e grande desenhador, Carlos Matos.