26 outubro, 2007

Covilhã





Visita relâmpagulo à Covilhã. A Universidade da Beira Interior quando faz entrevistas aos candidatos que respondem aos seus concursos para docentes, marca o mesmo dia e hora para todos. Resultado: 12 candidatos, que se presume serem de pontos dferentes do país, enfiados numa sala à espera. Sendo que cada entrevista estava a durar mais ou menos 3 quartos de hora, o último candidato teria que esperar perto de 7 horas. Not me...vim-me embora e aproveitei o pouco tempo que restava até à volta da camioneta para ver a cidade.

Mas quem é que esta Universidade pensa que é?
Caneta e lápis de cor sobre A5.

6 comentários:

PMBC disse...

É assim mesmo! Há que marcar uma posição desde o início.
Óptimos desenhos da Covilhã.

hfm disse...

Belos desenhos, bom aproveitar do tempo!
Quanto à universidade se calhar não tem culpa os seres viventes que a habitam é que não devem ter competência para aí estarem...

e.s. disse...

Também vou aos arames com esse tipo de coisas. Não havia um livro de reclamações?

Anónimo disse...

Inconcebível.
Galeota

4ojos disse...

por si te sirve de consuelo, también la Universidad española es así de patética

ma grande folle de soeur disse...

Depois dessa espera toda pela "consulta", já nem sei se deseje boa sorte para a selecção ou não...
Abraço.