16 julho, 2016

Festival MED

A

Festival MED, Sábado à tarde, ainda com tudo parado. Restavam os locais de venda de bifanas e caracóis, que foi o que pedimos.


O espaço do festival  estava instalado na zona histórica de Loulé. Uma cor sobressaía - o vermelho - da publicidade da marca de cerveja que patrocinava o evento, das telhas e do vestido desta alemã, aflita com o calor, tal como eu.



Os cinco desenhos em cima são dos melhores momentos que passei: os ensaios dos vários músicos que iam tocar na noite de Sábado. Eram todos muito simpáticos, que interagiam facilmente  quando percebiam que estavam a ser desenhadas.



Desenho noturnos, já com a festa em pleno. Impossível, para mim, desenhar os vários concertos, tal era o magote. Sentei-me e desenhei o que acontecia à minha frente. 


Fim de festa, manhã de Domingo. Desmontagem do palco principal. Toda a estrutura desapareceu num abrir e fechar de olhos. Impressionante o trabalho dos técnicos. Dois dias bem passados:
obrigado ao Hélio Boto, aos USk Algarve e à CM Loulé.
A

5 comentários:

Rosário disse...

Que desenhos!

nelson paciencia disse...

impressionante!

teresa ruivo disse...

Caramba! Estavas inspiradíssimo :)

Pedro Afonso disse...

Para variar...os desenhos estão uma maravilha. Obrigado pela partilha!

Isabel disse...

uma maravilha todos, adoro o teu traço e as tuas composições uma maravilha