23 Novembro, 2012

Winsor&Newton nunca mais

Quando comecei a desenhar utilizava sempre os mesmos cadernos, da Winsor&Newton, formato A5 e A6. Agradavam-me, mas também não havia muito mais no mercado. Agora que a oferta é exponencial à procura, a marca resolveu produzir os seus cadernos com uma cola que torna impossível abrir o caderno sem as folhas se soltarem. Em vez de corrigirem o problema, os seus "génios" do marketing acharam como solução venderem os cadernos fechados em plástico, na esperança de que, como somos todos uma cambada de parvos, não topássemos o defeito na loja. Resultado: não conheço nenhum desenhador que continue a utilizá-los. Não devem precisar de vendas, lá na Winsor&Newton...
Estas duas duplas páginas, que já apresentam deterioração na cola de um caderno que vai ser deixado a meio, são a minha despedida forçada.



11 comentários:

JASG disse...

O problema é de quem ainda tem disso aos magotes...

José Louro disse...

Se forem dos antigos, pode ser que te safes. Mas é incrível, ofereceram-me este e as folhas simplesmente descolam-se. Já tinha ouvido falar, mas tive a confirmação. Só tenho pena que os gajos da W&N não leiam este blogue...!

Tiago Cruz disse...

O último que comprei nem cheguei a terminar. Estava a desintegrar-se de tal forma que pensei que se continuasse a usá-lo ia acabar por perder desenhos! Venham os do continente…

marisamar disse...

As melhoras, mestre.

Pedro disse...

citdece Também desisti.
O pior é que tinha alguns trabalhos a meio que tive de continuar em cadernos com a mesma dimensão (mas muito melhores)LALORAN.

Pedro disse...

citdece Também desisti.
O pior é que tinha alguns trabalhos a meio que tive de continuar em cadernos com a mesma dimensão (mas muito melhores)LALORAN.

Richard Câmara disse...

Amigos: não há nada como devolver os cadernos às lojas onde os compraram explicando que não são aptos para serem usados. Peçam a devolução do dinheiro ou a troca por cadernos de outras marcas dentro do mesmo valor. Ou então a folha de reclamação da loja, caso se recusem a receber os cadernos... Se as lojas começarem a devolver estes cadernos à Windsor& Newton, GARANTO-VOS que pensarão duas vezes antes de lançar para o mercado algo com essa falta de qualidade... Quanto aos que já começaram, tentem colar as páginas com fita de papel que é usada na parte traseira dos quadros (cola-se com água, como se fosse un selo e é bastante resistente, para além de se poder desenhar em cima. Tenho um caderno onde já fiz isso...)
Cumps
Richard Câmara

Richard Câmara disse...

Ah.. E chega de "lamúrias"! Isto que acabam de descrever TAMBÉM faz parte dos diários gráficos...
;)
Abraços
Richard

tiago leal disse...

É por estas e por outras que eu já aderi aos do Continente! (por isso e porque não fico com dores de consciência por fazer algum desenho menos bom. no início desenhava nos obscenamente caros Moleskine e até tinha medo que o que me saísse do lápis não justificasse o preço do caderno...) :)

João Catarino disse...

O Sr.Winsor e o Sr. Newton não merecem nem os teus desenhos nem o teu voto.
Vota cadernos flecha o verdadeiro, o histórico,
o original e o mais bonito!
De volta às bancas no que resta da papelaria Fernandes, na Baixa.

Tiago Cruz disse...

Um dia destes fui meter gasolina (acho que foi na Cepsa) e ofereciam uns pequenos cadernos a quem colocasse 35lt ou mais. Meti 40 e lá pedi o caderno. A5, capa preta dura, folha lisa e elástico. Primeiro pensamento: "Tenho que dizer ao Zé que até estes são melhores que aquela $%&#! dos W&N…"