30 março, 2009

Lisboa - Serpa - Monsaraz - Lisboa











Registos rápidos feitos ao volante ou com paragens rápidas de alguns minutos. Aguarela dada em alguns posteriormente, de memória. Ainda dizem que desenhar não é uma actividade radical...

15 comentários:

Eduardo Salavisa disse...

Estão uma maravilha! És o maior desenhador-volante. Conheces os desenhadores-voadores do mov. futurista?

Maria disse...

excelentes desenhos :-)

Firefly disse...

Serpa, minha terra-natal =) Excelente blog que tens =)

Firefly disse...

Porque de momento encontro-me em Espanha! Mas sim, tenho que começar a desenhar e pintar mais paisagens, alargar um pouco o espectro, e fazer mais field sketching! Adoro o teu blog, muito bom, muitos parabens!

Nuno Branco, sj disse...

Excelente!
Uma curiosidade: eu antes de ser jesuíta (de fazer formação para ser padre) trabalha como arquitecto e na altura coordenava o projecto de candidatura de Monsaraz a patrimonio mundial.
Pelos desenhos, vi o nome Jorge Cruz. Ele é arquitecto?
E tenho reparado que vais a Monsaraz com muita frequencia qualquer peço-te um recuerdo! ;)
um abraço!

hfm disse...

Uma experiência radical a que ainda não me atrevo esta de desenhar ao volante. Gostei.

JASG disse...

Que adrenalina...

expressodalinha disse...

E sujeita a multa. Isso é condução perigosa... com atenuantes: os desenhos estão óptimos!

Pedro disse...

Tou a ver a cena: O joelho no guiador, o pé no acelerador, uma mão agarra o caderno e a outra desenha. Se toca o telefone nem consegues atender... e ainda por cima os desenhos ficam óptimos!
Eu nem tento. Prefiro actividades mais comntemplativas.

Maria de Fátima disse...

atingir este milagre e morrer
ai que era o que eu tanto queria: desenhar :)

cláudia mestre disse...

Olá José. Gosto muito destes teus desenhos alentejanos. À semelhança do Urban Sketchers, podia ser criado o Rural Sketchers :)
Mas tinhas alguém ao lado que te dava uma ajuda segurando no volante, certo?

Anónimo disse...

Os desenhos estão lindos e cómicos. Imagino-te a guiar e a desenhar ao mesmo tempo.Exactamente como o Pedro descreve.
M

Vida Hi-fi disse...

Eu leio ao volante e, por vezes, aparo as sobrancelhas... mas reconheço que desenhar ao volante é coisa para profissionais - do volante e da arte! ;-)
Excelentes! Eu, nem que estivesse parada uma hora no mesmo sitio, desenhava assim!

Anónimo disse...

É uma belíssima série de desenhos. Ainda bem que não desenhaste a multa...
Abraço.
Gonçalo

Ad astra disse...

realmente...
desenhar ao volante...

só perdoável porque são optimos