01 março, 2009

Cordoaria Nacional, Belém



Edifício da Fábrica Nacional de Cordoaria, também denominado "Cordoaria Nacional", "Real Fábrica da Cordoaria da Junqueira" ou "Real Cordoaria da Junqueira". Dizem o edifício mais comprido do país. Parece que as grandes dimensões do seu corpo principal tinham a ver com a fabrico das cordas para os navios, que eram esticadas durante o processo.
A exposição do surrealistas vale a pena... para quem gosta. Bom, tem lá alguns desenhos do Cruzeiro Seixas.
O par romântico é só para distrair.
Boa semana para todos, e para mim principalmente.

6 comentários:

Vida Hi-fi disse...

Love is in the air...

Rita Almeida disse...

Amei!!!

Eduardo P.L disse...

Faz todo sentido, para a época! Hoje uma fábrica de cordas não precisa mais do que o tamanho da máquina, e estas medem poucos metros!...

Pedro disse...

São estas cordas que, mal entram nas embarcações, passam a chamar-se cabos.

zoom disse...

ando pa ver essa exposição... gosto dos desenhos

Galeota disse...

... e S. Bernardo,tão perto.