15 novembro, 2008

Meu Ídolo - Tertúlia Virtual



O meu ídolo são os dez milhões e tal de portugueses que teoricamente se podem sentar à minha frente e serem apanhados no meu caderninho. Não exigem cachet, não protestam e não se intrometem no resultado final. Muito obrigado a todos e a cada um pela vossa disponibilidade.

Este desenho é para a tertúlia virtual. Todos os dias 15.

15 comentários:

expressodalinha disse...

E eles merecem. Os toscos, os elegantes, os pobres, os ricos, os atletas, os doentes... Todos são desenháveis. Bem escolhido e ainda dentro do horário!

Francisco Castelo Branco disse...

Muito bem visto, este ponto de vista

10milhoes de portugueses

hfm disse...

Gostei deste herói - os anónimos tão colaborantes!

Hoje tb me inscrevi lá, vamos a ver!

Maria disse...

Isto da Tertúlia Virtual com desenhos é bem mais giro :-)
Só a conhecia, escrita, através do Eduardo do Varal de Ideias.

Jorge C. Reis disse...

O Zé Povo !! boa ideia ! um Ídolo mártir nos tempso que correm ! mas também, cuidado, quando acorda ...
Parabéns pela escolha

Só- Poesias e outros itens disse...

Adorei seus anônimos e bem ilustrados ídolos.

bjs.

JU gioli

peri s.c. disse...

Uma parte deles são privilegiados, merecem seu olhar e seu registro, sempre sensível.
abraço

Galeota disse...

Muito obrigada.

Ruvasa disse...

Viva, José!

Muito grato, pela parte que me toca.

Ah! E, já sabe, disponha, mesmo que o modelo não seja passível de grandes entusiasmos.

Abraço

Ruben

Anónimo disse...

Isto está muito giro, professor. Qual é que é o fio que é preciso para a próxima aula?



Dinis 5ºD Externato
de S. José

Claire disse...

A parte em que não se intrometem com o resultado.... estão mesmo cheios de sorte contigo.
Mas o meu é maior que o teu e prontos.

zoom disse...

um heroi colectivo muito bem gostei!

Joias da Rita disse...

Também gosto destes heróis colaborantes!!! Beijoca

Ad astra disse...

:)
és mesmo o "artista do quotidiano"

Eduardo P.L disse...

Parabéns aos seus ídolos e a você por esta ORIGINAL e OPORTUNA homenagem a esses esquecidos!
Todos os artistas deveriam fazer suas reverencias a esses anonimos importantíssimos nas obras de arte!
Forte abraço e obrigado por participar da Tertúlia!