24 setembro, 2008

Trânsito, 2.


Caneta sobre A4.

Perguntam-me como faço estes desenhos. Em parte são feitos de memória. Se repararem por exemplo no semáforo da esquerda a sua localização é impossivel: está práticamente no meio da estrada.
Os carros são desenhados apanhando o que está à vista em vários semáforos. Digamos que os desenhos que faço do trânsito são uma montagem de várias paragens num determinado trajecto. É. Os efeitos especiais também existem nos diários gráficos.

4 comentários:

João Catarino disse...

Tal como as pessoas que desenho no comboio, vão e vêm, muitas vezes desenho na mesma carruagem pessoas da ida e da vinda!
Saudades dos desenhos do trânsito, fantásticos

Só- Poesias e outros itens disse...

Uma beleza!!!!
Desenhos são uma atividade essencial, autônoma e irredutível.
Recriar o rel com gôsto e sensibilidade.

bjs.

JU Gioli

hfm disse...

Quero lá saber do semáforo, quero é o movimento do traço e a globalidade que me enche o olho. Belos!

Galeota disse...

Tartaruga Ninja !