03 setembro, 2007

Pessoas





Na praia, como noutro lado, as pessoas não gostam de ser desenhadas. Mas é tentador. Tento ser rápido, apanhando-as distraídas, para não perturbar o seu sossego.
Caneta e aguarela, dada posteriormente, sobre A6.

5 comentários:

Anónimo disse...

Que análise interessante que se podia fazer sobre a ocupação do espaço numa praia,ao longo do tempo, assim como as alterações ao nível dos comportamentos alimentares dos banhistas. E estes desenhos são elucidativos.
Galeota

hfm disse...

Pelo desenho de baixo sei que está ou esteve aqui perto - Ericeira - pois creio ser S. Lorenzo. Belos esboços.

Simone Oliveira disse...

Uma linda janela gráfica que capta as emoções de uma alma. Adorei o blog e os desenhos, lindo.
Bjs,
Simone

www.incontestaveisdias.blogspot.com

Computerarte disse...

Estão fantásticos! É impossível resistir! Bons banhos!

Andressa Alberti disse...

Eu achei demais uma obra que realmente é a forma da vida real transparecida em arte, e é claro por um grande artista.