26 março, 2007

Momentos II



Gosto de aproveitar situações em que os "modelos" disponíveis estejam quietos.
O ideal é apanhar o alvo a dormir...
Grafite sobre blocoA4

4 comentários:

Rebel Alliance disse...

E que venham mais férias para ti... mas com net por perto para poderes publicar diariamente os teus desenhos.
A figura humana sempre me fascinou em termos de desenho, mas nunca dediquei muito tempo a este tema. Alguma sugestão para este principiante?
Abraço

PMBC disse...

Obrigado pelas visitas e comentários.
De facto é raro desenhar motivos mais orgânicos ou anatómicos, porque também é raro ficar minimamente satisfeito com eles.
Houve uma época em que desenhei pássaros (têm muitas penas que disfarçam os erros de anatomia...), quase sempre de memória ou de fotografias.
Só consegui dois desenhos de observação directa: uma cegonha e uma garça. Mesmo assim, em casa reproduzi com lápis de cor e, naturalmente, com algumas correcções.
Já falei disto com o ES do diário gráfico. Naturalmente, os desenhos no local e no momento têm um valor especial. São os tais “do caderno”. Ao mesmo tempo não me choca nada o desenho com outras “ferramentas” como a memória, a fotografia, o modelo ou outras imagens.
Desenho porque gosto e tenho passado muito bons bocados a desenhar à frente do monitor. Estarei a transgredir ? ... paciência!

Fico com inveja destes post com pessoas!

Nina Johansson disse...

Hi, thanks for your comment on my blog. I checked yours out, I love your work! These pencil sketches are fantastic! I like the way you did several variations of it.

e.s. disse...

pmbc. desde sempre artistas usaram a fotografia para fazerem os seus desenhos. Nada contra. Como professor sou contra quando estou a ensiná-los a representar a partir do real. Como viajante, ou no dia a dia, fico mais marcado pelo momento, quando represento ...no momento. Abraço